Susana Bettencourt: «É o nosso grau de exigência que nos dá motivos para fazer a próxima coleção»

Casa. Foi esta palavra com apenas quatro letras, mas com tanto significado que inspirou Susana Bettencourt. Estamos há mais de um ano a viver dentro de casa como nunca tivemos, que mudanças e novos significados trouxe esta realidade?! Foi esta a reflexão que a designer levou para as suas malhas.

«Todos nós com esta pandemia começamos a refletir sobre as nossas prioridades. O significado de várias coisas ficou transformado com esta pandemia. Para mim, o que foi mais transformado foi efetivamente o meu significado de casa», explica Susana Bettencourt. «Eu gosto muito de refletir sobre o que estamos a passar na atualidade e transparecer isso nas nossas coleções», continua.

A mensagem foi passada de forma literal com a imagem de casas tradicionais portuguesas nas malhas, mas também com uma abordagem mais desconstruída noutros detalhes. «Ao vermos os quadradinhos das janelas achamos que o croché, o ponto regular do croché, com um folho destruído por cima, seria a melhor forma de espelharmos noutra superfície com outra técnica, o mesmo conceito», revela. A isto juntaram-se ainda as costuras viradas do avesso, e outros detalhes que pode conhecer na entrevista, em cima.

Susana Bettencourt falou ainda de como cresceu durante a pandemia a nível pessoal e também profissional. «Cresci imenso como pessoa nesta pandemia. Sei que foi um choque para muitas pessoas ter de parar, alterar a vida por completo, ter que começar a trabalhar em casa, começar a trabalhar ao longe. Coordenar equipas dessa forma é efetivamente complicado. No entanto, para mim que estava com um ritmo muito acelerado – acelerado ao ponto que era difícil eu poder explorar ou pensar sobre os meus conceitos e perceber o que queria para a marca – esta pandemia fez-me parar».

Uma paragem que traçou novos horizontes para a marca com uma atenção redobrada ao digital. «Gostava muito de conseguir dar cada vez experiências de compra mais personalizadas, mas isso exige muito da equipa e ainda não temos a estrutura certa», conta. É nestas falhas e pontos a aperfeiçoar que Susana encontra o caminho a percorrer com a marca, «É o nosso grau de exigência que nos dá motivos para fazer a próxima coleção».

Veja a entrevista completa no Instagram .

Fotografias: © Portugal Fashion

Leave a Reply

%d bloggers like this: