Inês Mocho: «Gerir pessoas é a parte maravilhosa e a parte bicuda do negócio»

É em pleno coração da cidade de Lisboa que Inês Mocho comanda as operações dos vários projetos que gere. A Academia, o Loft, a loja online e os novos produtos que vai lançando são a prova de que Inês Mocho é muito mais que influenciadora digital. O Pano Cru entrevistou a empresária para saber mais sobre este império, que há muito tempo que não se faz apenas de gostos no Instagram.

Dentro da sede de Inês Mocho

O novo escritório da Inês Mocho ocupa um andar inteiro e divide-se em três, academia, loja e sede. A Academia tem uma entrada independente e é numa sala bastante grande e cheia de luz, que a Inês e os seus formadores ensinam todos os truques da maquilhagem a jovens cheios de sonhos. Do mesmo lado, mas devidamente separado encontra-se a parte logística da loja online e um showroom que irá abrir em breve. Na metade do espaço que compõem o restante andar encontra-se a sede Inês Mocho, com uma sala de reuniões, uma copa, um estúdio, o escritório da empresária e o escritório da equipa com quem trabalha. A inspiração da decoração é denunciada logo na sala de espera pelo papel de parede, detalhes dourados e formas que em tudo lembram a Art Déco. O estilo estende-se a todo o espaço, onde uma grande parte dos móveis foi feita propositadamente para o espaço.

«Eu sei fazer muito bem negócio. Tenho aqui uma costela de comerciante, que acredito que já me vai nos genes. Tenho elementos da minha família que tiveram cargos nessa área», começa por contar Inês enquanto revela algumas das lembranças que ainda guarda da loja do avô. Quando era pequena «adorava falar com os clientes», uma arte que ainda hoje preserva e acredita que é o segredo do negócio.

Mas nem tudo é fácil, a liderança também tem momentos complicados. «Gerir pessoas é a parte maravilhosa e a parte bicuda do negócio. Todos somos diferentes, únicos e individuais, cada um tem as suas necessidades, e nem toda a gente reage da mesma maneira à mesma coisa. Um líder tem saber olhar para a equipa e conhecer os pontos positivos e as fragilidades de cada uma das pessoas, e saber pô-los numa posição de trabalho que enalteça as suas qualidades e minore as fragilidades. Um verdadeiro líder é isso que faz», explica.

Online Vs Offline

Nesta conversa Inês Mocho fala ainda de como nem sempre foi fácil manter a conexão com os seguidores, tendo uma fase em que sentia assoberbada. Revela ainda como conseguiu encontrar o equilíbrio, e como a partilha da sua vida, de forma equilibrada, pode ser terapêutica. No entanto, a empresária garante que o sucesso nas redes não é tudo e explica como construiu uma empresa sólida que é muito mais do que uma conta no Instagram.

«Os seguidores são muito bons, mas não são tudo», garante. « Se tu consegues comercializar o teu negócio, vai muita da tua estratégia, e da tua gestão enquanto empresária, de tu entenderes onde podes obter lucro, como podes evoluir enquanto empresa, qual é a necessidade do mercado, qual é a melhor forma de comunicar com os seguidores, isso vai muito além do número de seguidores», diz a maquilhadora.

Veja a entrevista completa no vídeo, em cima.

Leave a Reply

%d bloggers like this: